Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se eu morresse amanhã...




Se eu morresse amanhã, queria que os pássaros cantassem
Que houvesse sol e a brisa fosse perfumada
E que meu jardim estivesse florido
Se eu morresse amanhã, gostaria que os amigos falassem
Que mantive em vida a alma apaixonada
E que só lamentei o tempo que passou perdido

Se eu morresse amanhã ou quem sabe até hoje à tarde
Talvez causasse algum espanto
No entanto, saberiam que eu fui  em paz
Se eu morresse amanhã, morreria sem alarde
No máximo desejaria um canto
Que soasse como fundo ao constatarem: agora a Cill aqui jaz!

Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 19/09/2006
Código do texto: T244201
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215196 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:28)
Priscila de Loureiro Coelho