Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEVERINO

Pernambucano e Nordestino
Perfil de militar de carreira
Sonhando ser rei ou imperador
O nosso excelso Severino
Reina na câmara á sua maneira
A todos mostra bem o seu valor.

Homem simples e de bom coração
Querendo fazer bem a toda gente
Aumento de salário preparou
Diz ele que é vontade da nação
Dar ao eleito renda decente.
Mas em massa o povo rejeitou.

Severino, porém não desistiu.
Soube bem dar a volta por cima
Verba de gabinete aumentou.
Nosso povo a manobra bem viu.
O brasileiro não desanima
A conta para a eleição deixou.

Severino criou empreguismo
Empregando como assessores
Seus familiares achegados.
Virou culpado de nepotismo
Negando á Lei os seus valores
Que devem reger os deputados.

Salário mínimo de miséria
Recebe o pobre trabalhador.
Que está construindo o nosso Brasil.
Porém a situação é séria.
Cada eleito recebe um valor
Que no total chega a setenta mil.

Severino pára Severino,
Olha, escuta povo chorando.
Quer um emprego com dignidade
Sê honesto, nobre e genuíno.
Se não povo estará sancionando
No pleito a tua deslealdade.

(Extraído do meu poema épico: Ao Nobre Povo Brasileiro)
Victor Alexandre
Enviado por Victor Alexandre em 14/06/2005
Código do texto: T24434
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Victor Alexandre
Bélgica, 72 anos
274 textos (86592 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:42)
Victor Alexandre