Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sombras do passado

[Balada]

A luz dessas velas tão frias
Quebram a imagem estática
Movimentos de tez enfática
Como se surdas melodias
Tocassem ess’alma nefanda
Uma escuridão que jaz
No espasmo que se desfaz
Monótono. Cruel ciranda...

E d’outro lado um cadáver
Os restos duma imagem
...de pó! Sem nenhuma coragem
para dizer: ai! ou gemer...
Um vento canta sussurrante
Sob uma imagem tão morta
Jazendo na moldura torta
Dum retrato muito distante...

Os corvos ressoam a rir
Uma imagem vazia morta
Num espelho mais idiota
Que de ti está a sorrir...
Uma balada ecoa triste
Lamentando um vil fantasma
Que viu aqui morrer! de asma
Imagem que não mais existe....

Triste fim d’alma dele, paz
Um sepulcro aonde ele jaz
Um amante e uma viola
Que a viúva aqui consola...
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 20/09/2006
Código do texto: T244550

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 32 anos
799 textos (255314 leituras)
6 áudios (1607 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:54)
Fabio Melo