Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flor, estranha flor


Não sei seu nome
Nem de onde vem.
Sei que é estranha,
a mais estranha
que já encontrei.

Mesmo bonitinha,
parece assim meio
desengonçada.
As folhas lá rente ao chão
e o caule longo, até
parecendo frágil,
carregando a enorme flor.

Flor, estranha flor.
Pois agora me sinto assim
como ela,
se soprasse um vento meio forte,
desmoronaria qual castelo de sonhos.
Maria
Enviado por Maria em 20/09/2006
Código do texto: T244659
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4554 textos (186059 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:26)
Maria

Site do Escritor