Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A EROS EXPONHO MINHA PSIQUIALGIA
(ou Eros à F. Pessoa)


Amado meu,
Não sou Vênus a mãe de Eros,
No entanto, quis dar-te este nome
Aceitastes sem resistir,
Levados pelas águas de Pessoa,
Mas, diferentemente dele, cá, eu não sei separar,
Corpo, desejo, e ser.
Estou sofrendo.
Eros és o deus do amor, nascido de Vênus,
Símbolo do desejo, cuja energia é a libido.
Princípio da ação.

E eu, quem sou??
Era, aquela que estabelece datas,
Corta períodos
Divide o tempo.
Não gostei de ser Era.
Antes a opção da Flor.
Ser-me-ia menor a psiquialgia????
Não teria esta dor
Não teria tantos devaneios
Não estaria eu a ermo?????

Fui lançada ao vento.
Padeço. Cortaram-me pés, mãos, braços.
Estanque.
Sou quem quero
E não posso ser.

Não posso ser de Eros
Pertenço à outra Era.
Não quero apenas ser a doadora da tua energia
Quero que me ames
Quero amor de tantas eras
Quero amor de saber
Palpável, afável.
Real.
Ilusão já tenho todas do mundo.
Procuro o melhor de ti e de mim.
Não te mostras. Estás trancado para mim.
Do que mostras, não vejo nada de ti.
Não compreendo meus sentimentos.
São dúbios. Confusos. Atordoam-me os sonos.

Procuro Morféu
E a ele me entregarei de corpo e alma.
Se sabes o diagnóstico,
Não tens o antídoto ????
Deixarás que eu morra???
Em verdade muitas vezes deixei-te matar-me.
Estou doente de ti.
Faz-me bem, faz-me mal.
E que sandice é esta que me faz tua escrava?
Por onde devo me procurar?
Devo mudar o roteiro desta viagem?


Lisboa 17/02/2003
Foto: Alfama, Lisboa,  Divina Jatobá
Divina Reis Jatobá
Enviado por Divina Reis Jatobá em 20/09/2006
Reeditado em 06/03/2007
Código do texto: T245027

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Divina Reis Jatobá - recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Divina Reis Jatobá
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 55 anos
289 textos (39970 leituras)
6 áudios (1218 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:21)
Divina Reis Jatobá