Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sangria

Sangria
Angélica T. Almstadter
03-01-05
 
O sangue que campeia no escuro e ferve na minha veia,
Tem a sede que eu tenho do mundo,
Tem a mágoa do amor mais que profundo,
É o sangue da adoração , servido em taças cálidas;
De um amor puro e sem máculas, terno e eterno,
Intensamente vermelho, como as crisálidas
Mas que queima como o inferno.
 
Dói-me a sangria ,como um parto laborioso;
Que rasga as entranhas, em agonia e gozo
Para brotar na pele, refletir no olhar revirado,
Como testemunho juramentado e assinado,
Com sangue frente ao altar da condenação,
Extasiado....e sem direito a apelação
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 26/01/2005
Código do texto: T2451

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 61 anos
1054 textos (55379 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 05:33)
Angélica Teresa Almstadter