Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sendo Guiado

Desejei no deserto do meu íntimo uma orientação,
Desejei respostas concretas do inexplicável,
Sendo guiado pelo meu próprio coração,
Afirmei severamente o que havia apenas sonhado.

E vou caminhando sem rumo, apenas sendo guiado,
Já perdi minha identidade, já estou endurecido,
Sinto que fui lesado, mas não encontro o que foi perdido.
E vou sendo guiado, tropeçando e caindo,
Manipulado, mas continuo cantando o hino.

Já estou endurecido, já não quero em volta observar,
Todos os fracassos que já viram vistos,
Eis de continuar...

Não reclamo dessas lástimas, tudo é democracia,
O problema é ser guiado, conduzido a tormentos...
Se conheço tão bem a estrada, e pelos ciclos já me mostraram o caminho,
Porque não assumo o controle, assumindo o meu destino?

É mais confortável ser guiado, seguir cantando um hino,
Continuar um eterno folgado, saciado e faminto.
Faminto de ganância, ganância que machuca,
Machuca minha ferida, ferida que não cura...
Cura não a quero, se quisesse pegar-te-ia,
Quero ser guiado e morrer de ironia.









OBS:Poema feito pelo meu amigo Glauber Moreira ,como ele não tem tempo,eu irei lança os poemas dele no Recanto das letras,desde já agradeços aos meus leitores e amigos do Recanto.
Iraildo Dantas LUA
Enviado por Iraildo Dantas LUA em 20/09/2006
Reeditado em 20/09/2006
Código do texto: T245219

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Iraildo Dantas LUA
Salvador - Bahia - Brasil, 29 anos
152 textos (13392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:36)
Iraildo Dantas LUA