Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A advertência de antes continua válida: quem escreve não pensa obrigatoriamente em alguém. Quem escreve, cria, imagina. No addresses needed...

MONET. SEM ASSINATURA.

Perto,
borrões de tinta.
Olha de novo,
tenta, vê se pinta
algo além
da casca de ovo.
Perto.
Perto demais
ninguém te vê.
O que está atrás?
Como saber?
Longe.
Isso.
Assim é melhor.
Eu posso ver,
saber de cor.
Entendo agora.
És uma imagem,
uma tela de tv,
uma miragem,
uma pintura,
Longe se vê.
És um Monet.
Sem assinatura.

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 21/09/2006
Código do texto: T245729

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154036 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:39)
Débora Denadai

Site do Escritor