Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejo de Nudez

Ai, como adoro ver pousada
Ai, como adoro ver despida
Delírio que encantas descansada
Descansas na rede que palpita

Da sombra da tarde que se finda
Ao parto da noite que se ilustra
Dormes,dormes; ao dormires desnumbras
E o meu sonho só por ti medita

Ai, como adoro ver pousada
Ai, como adoro ver despida
A tez de Mulher, inusitada
Pela madrugada que é só minha

Estás no leito a solevar...
lucheco
Enviado por lucheco em 21/09/2006
Reeditado em 22/09/2006
Código do texto: T246089
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lucheco
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
128 textos (62101 leituras)
6 áudios (1218 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:00)
lucheco