Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma Feminina

Criada foste mulher
Para que tivesse a alma em paz
E corpo que sentiria felicidade
Nas lágrimas do parto
Que gera a vida dando continuidade
A Obra Divina

Vieste ao mundo
Dotadas de mãos doceiras
Açucarando nas palmas das mãos
Seus sonhos e de outros muitos...

Hábeis fazedoras do mel,
Adoçando a vida,
A alma feminina para sempre
Haveria de ter o olhar de menina

E tua estrada era tão somente
Para ser ladrilhada de tua delicadeza
E não para percorrer violentos caminhos

Escreveria tua história
Com a cumplicidade das mãos daqueles que amas e,
Não haveria mãos que deixassem marcas da dor

Traria em tua face, só marcas do tempo
Que com o seu passar, desalinham apenas a juventude
Mas não desarranja tua alma,
Nem tão pouco fere tua dignidade

Foste criada para que o mundo entoasse um canto
Em forma de prece, pelo mel extraído de tua vida
E não por gritos sufocados...
E muitas vezes por choros contidos...

Foste criada mulher...
Ainda que frágil...
Mas muito forte para amar e ser amada...
ziza Silvestre
Enviado por ziza Silvestre em 21/09/2006
Reeditado em 22/09/2006
Código do texto: T246170

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ziza Silvestre
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 53 anos
217 textos (14083 leituras)
1 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:13)
ziza Silvestre