Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A idade

Na biblioteca tento fazer uma “linha do tempo”; já que o meu é tão ocioso.
Não posso, pois ao lado senta-se uma garota que fala, ri e gargalha.
E isto, mais aquilo que não gosto de contar, atrapalha.
Ela deveria fazer um silêncio respeitoso, talvez religioso.
Porém, aos quinze, existe-lhe algo mais precioso.

Estamos num dos Templos do Saber.
Mesmo com escolas tão ruins, isto ela deveria saber.
Todavia ela não pára. Ri, conversa e gargalha.
Velho rabugento, decreto: mocidade canalha!
Mas como nada digo, minha careta é falha.

Tento me concentrar, mas é em vão.
Ela aumenta o som que expele. Não lhe existe ainda o senão.
Irrito-me e faço cara de mau, mas qual:
logo vejo que o que me contraria não é a sua felicidade,
mas aquilo que já não tenho mais: 
a sua idade.

Fabio Renato Villela
Enviado por Fabio Renato Villela em 22/09/2006
Código do texto: T246329
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.recantodasletras.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Fabio Renato Villela
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
1758 textos (328873 leituras)
1 áudios (27 audições)
4 e-livros (4091 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:34)
Fabio Renato Villela

Site do Escritor