Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARQUEOLOGIA


Euna Britto de Oliveira
Site de Poesia: www.euna.com.br


Passou muito tempo,
mil ventos varreram o mundo,
a poeira mudou de lugar,
sedimentou-se,
ficou prensada demais!...
Tremores de terra sacudiram as colunas de mármore,
muitas se partiram,
tombaram...

Escavações nunca poderão resgatar o abstrato,
a essência, a inocência,

os passos dos passantes,
os abraços e beijos dos amantes,
os juramentos,
as infidelidades,
os votos de felicidades e de não-traição,
as preces e os lamentos em grego antigo, nos templos...
Os passeios de Platão...

Árvores pequenas arredondam-se nas plantações perto de Atenas...
São as oliveiras...
Flores e folhas de acanto,
turistas do mundo inteiro,
filmagens, fotos...
Plaka, Sintagma, Acrópole, Cariátides,
Areópago, Ágora, templo de Zeus...
Hotel Zafólia e a folia das compras...
Olhinho grego contra mau-olhado,
para levar de lembrança...

Reverentes, nós dois pisamos onde Aristóteles pisou,
rezamos onde São Paulo rezou!...
Sobre as pegadas apagadas de gente do povo,
de antigos políticos eminentes, de filósofos e santos,
nossos passos anônimos para os próximos dois mil anos...
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 23/09/2006
Código do texto: T247331
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (34688 leituras)
6 áudios (364 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:44)
Euna Britto de Oliveira