Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EM TRANSE


EM TRANSE
Lílian Maial



Há muitos olhos nos becos da noite,
que não cansam de sondar meus medos.

Há muito frio no escuro da esquina,
que se esquiva em meus passos trôpegos.

Há muitos gritos no calar da madrugada,
que ecoam em meus ouvidos indefesos.

De tanto perambular e me esbarrar,
a emoção congela a mente
dá nós na garganta,
crava estacas no coração,
sangra sem barreiras.

Sou observada em meu caminho,
à espreita de um falsear,
desculpa pra levantar.

Meu corpo não mais obedece,
segue lunático,
busca a emoção aonde quer que a encontre:
hoje, amanhã, ontem...

Acorda do transe em que se encerra,
para levar-me de volta à mesa,
frágil presa do dia a dia.

Insossa alegria de dias passados,
sem compromisso,
com memória de trajetória
de caminhos por onde nunca passei.

Rio, 23/06/00.


***************

Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 23/09/2006
Reeditado em 23/09/2006
Código do texto: T247438

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248667 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:39)
Lílian Maial

Site do Escritor