Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adormecer

O céu sobreposto talvez de nuvens claras,
Claras águas que molham o seu rosto.
Do sol se fez a chuva molhando o meu chão,
Causando enchente, água corrente.

A brisa leve da manhã se fez sereno da noite,
Que cai sem eu nem perceber.
As horas que passam, o dia que nasce
E ai então vou adormecer.

Talvez se esse vento me levar,
Longe daqui, pra algum lugar
Aonde a chuva não vá me molhar.

Espero uma brisa pra viver,
Espero a noite que não quer anoitecer
E ai então vou adormecer.
Fi
Enviado por Fi em 23/09/2006
Reeditado em 14/01/2007
Código do texto: T247439
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fi
São Paulo - São Paulo - Brasil
36 textos (2101 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:12)
Fi