Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O olhar alheio

O olhar alheio

Este juiz cruel
Severo e inoportuno.
Algoz que a tudo difama.
Inflama e paralisa
Meus movimentos...
Os sentimentos.
Fermento nefasto
Ao qual se aderem
Línguas incontroláveis,
Devastadoras e punidoras.
Sujeito frívolo
Que só enxerga sobre a superfície
E à fertilidade da terra,
Da alma, despreza...
Parvoíce...

Eu te odeio!
Andréia Alves
Enviado por Andréia Alves em 23/09/2006
Reeditado em 31/10/2007
Código do texto: T247440

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Andréia Alves
Umuarama - Paraná - Brasil, 32 anos
23 textos (1206 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 04:58)
Andréia Alves