Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INVADINDO A LOJA

Alucinado pirata destes mares
Navegantes por tantas Ilhas
Acaba de atracar neste Porto
Tem por conhecimento e causa
Um certo balcão para contar
Entre tantos despojos
Umas & outras letras
Pilhadas ao sabor do mar
Traz lá algumas rimas
Algumas frases malditas
Uma maldita sede
Onde está o taberneiro???
Em tempo de acalmar as botas
Mandar afiar e limpar as armas
Quero mais uma garrafa
Alguns sais para o banho
Taverneiro, taverneiro...
Anda com esse vinho logo
Hum! Já vejo cá caras conhecidas
E outros marujos chegando
E este velho bucaneiro
Já de olho na alvorada
Enquanto a nau escura refestela
Para singrar por estas Ilhas
O vinho tem procedência
Taberneiro traga mais vinho
Serve as moças ali também
E esses outros que se aproximam
Mas se quiseres sair em viagem
Tem que subir a bordo.

Essas estrelas que me guiam ao bom da vida!

Peixão89

Dedicado aos amigos do “O Dono Da Loja” - http://www.ferool.info/poemaparaodono.htm
Peixão
Enviado por Peixão em 24/09/2006
Código do texto: T248013
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120249 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:49)
Peixão