Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Laços de Amizade.

Laços de Amizade.
(Sávio Assad)
 
Que armadilha foi esta que a vida me impôs?
Fui arrastado para frente de um computador,
Onde quebrei minha cabeça, para descobrir você.
 
Ao te descobrir, amigo(a), vi o mundo se abrir
Em grandes asas, onde pude voar, visitando e conhecendo
Pessoas de outros municípios, estados e países.
 
Foram formando laços de amizade e carinho.
Atamos todos os nós e hoje somos uma rede
De convivência diária e sadia.
 
Hoje brincamos, dançamos, tomamos café da manhã,
Almoçamos, jantamos e até brigamos(um pouco), mas...
Somos felizes, pois a cada dia fazemos mais amigos.
 
Não!, Não estranhe se você, receber um café da manhã
Às 18 h, ou uma boa tarde as 05 h, são as maravilhas da
Internet, onde os amigos se encontram, cada um no horário
Que pode e  nos confraternizamos.Choramos, rezamos,
Sorrimos juntos, cada um respeitando os princípios alheios.
 
Isso é amizade, isso são amigos e esses laços é que eu
Sempre desejo que a cada dia se multiplique mais e mais.
Agora paro e penso: Que gostosa armadilha a vida me meteu.
Niterói - RJ - 19/09/2006
Sávio Assad
Enviado por Sávio Assad em 24/09/2006
Código do texto: T248034
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sávio Assad
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
419 textos (26699 leituras)
19 áudios (1373 audições)
4 e-livros (106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:10)
Sávio Assad