Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

9

Dona de alma blue
pisava sobre a areia
com jeito de  sereia
e asas de borboleta,
Seu corpo nu refletia
a luz da lua...
era maré cheia,
Lua nova,estrela cadente
Em noite de seresta,
onde mar e rio se encontram
um boto cor de rosa
e uma sereia de alma azul
namoram num caminhão vermelho,
cantando para a lua:
"Oi... a Lua tá quebrada,
oi quem fez isso com ela,
Foi São Jorge com a espada,ou
suspiro de donzela..."

(Inspirado no Poema "Blue" de autoria da minha amiga Cristina Nunes,como homenagem à ela,sendo que  o verso marcado entre aspas é parte da letra da música de Gildes Bezerra)
Syl Signoretti
Enviado por Syl Signoretti em 24/09/2006
Reeditado em 25/09/2006
Código do texto: T248356

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Syl Signoretti
Itajubá - Minas Gerais - Brasil
933 textos (89325 leituras)
76 áudios (9216 audições)
1 e-livros (309 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:54)
Syl Signoretti