Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"CLIC - I"

Passei algum tempo pensando nisso. Tinha que fazer alguma coisa diferente. Só não imaginava que podia seu um “Clic”.

“CLIC” - I

O choro que estampa tantas caras
Uma parada na escada,
Azul escorrendo pela face
Nada alheio, passante, farol de milha
Vintena escarlate, abrigo de nozes
O pop cansado pedindo para aguardar
Metralhas, barbantes, um ávido olhar
Parcimônia pela espera refletida
Vagando no espaço, linha de dantes, árias
Pocilgas translúcidas, exagero linear
Outra cara triste, cabeças espaçadas
Lânguida pela flexão, plexo, nexo, pleno
Aia vinil, estufando o plástico no soutién
O haver grotesco, vil in memória, metais
Com o peso, filas & facas, vesículas venais
Peso largado, uma vagabunda com a tocha
De quatro como tantos, pontos cardeais
Sujeiras sob o tapete que rosa de vergonha
Venia com data vencida, estragos de solidão
Lamúrias acesas em excesso de fome e dor
Rasgando notas sobre tanto pó.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 16/06/2005
Reeditado em 17/06/2009
Código do texto: T24949
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120255 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:07)
Peixão