Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retina rasgada


Rasga o céu. Rasga.
Rasga a retina
Desses olhos vestidos de mel
e essas roupas de moça pobre
que dança e me ritima.

E eu suavemente opero o milagre
Com esses instrumentos que mãe me deu.
Natureza mãe em estado de posse
E domínio
E ocupação.
E o coração da terra
Aonde sou verme.
Mas sou fértil e me apaixono sempre –
A cada nova lua.

E rasgo teu céu. Rasgo.
Rasgo a retina
Desses olhos vestidos de mel
E lanço-me na Terra contigo.
E trepamos na árvore da ciência.

Luciano Fortunato
Enviado por Luciano Fortunato em 26/09/2006
Código do texto: T249783
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Fortunato
Mendes - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
558 textos (78677 leituras)
19 áudios (362 audições)
13 e-livros (3241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 14:04)
Luciano Fortunato