Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher do Vento

me aponta
a dobra
que faço
a esquina.

faz de mim
até um
horizonte,
com bordas
de fogo,
ou até
uma ponte
de atravessar
os meigos
e os avessos.

sou de pouco
vivo de lasca
de madeira
ociosa,
sou bandeira
e pátria
dos sozinhos.

se hoje
te peço
perdão,
não é por
nada não,
é que dói

receber
despeços.

se de
todo
voltar
não quer,
digo eu
lá pros
bentos:

pecado meu!

dei azar
de amar
mulher
dos ventos !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 26/09/2006
Código do texto: T249825
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26789 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:15)
José Kappel