Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arde Mulher !

mordaz!

arde mulher,
arde igual
fruta de
comer.

arde,
toca flauta,
remaneja o
verso,
molda a valsa
arauta,
e benze
os que já não
pejam !

mordaz destino,
sem vesga,
sem rumo,
feito só de
prumo de ir !

mordaz!
sua vida,
audaz!

fugida de um
prato azulado
para outro
que zune
ouro alado!

lembra só:
aqui só
deixou
lembrança
dos apagos!

arde fruta,
arde,
mulher!

adeus!
bela e formosa
dama dos
compadres
sem bênção,
vida
da próxima
aurora !

fica sua imagem
que agora
arde
bem no fundo
do coração
dos sozinhos:

dor de miragem,
falta que me faz,
dormir sem seu ninho !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 26/09/2006
Código do texto: T249846
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26785 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:29)
José Kappel