Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou de Ontem

sou de sombra,
sou de romaria,
sou dor,
dentro do
povo.

moro
num domingo,
batido
pelo vento
dos acaetés.

sou pão dobrado
dos mendigos!

hoje
só vou
indo,
ontem,
já não
volta,
faz
roda
na noite
da solidão.

mulher?

é fruta
doce,
que,
de benta,
azula
longe
de mim,
e resplande
só para
os fíéís.

sou apagado
de cinza,
sem tom,
onde só
me desejam
falsos
coronéis !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 26/09/2006
Código do texto: T249858
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26785 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:18)
José Kappel