Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Homem Que Gostava

tenho um amigo
que gostava
de tudo.

gostava de viver,
de ver o trem,
de colher flores,
de explicar,
de ser olhado.

gostava
de montanhas
e se absorvia
em vales.

gostava de tudo
que via,
e sonhava
o prever.

meu amigo é
da faina,
bolha de soprar,
vida de rumo.

um dia, porém,
sem nenhum amém,
ele descobriu
ser dotado.

numa sobra de
carmim,
num rasgo de
seda,
num lampejo
de luz
de cristal.

e, essa coisa,
o deixava
atordoado,
e sem lei:

ele não gostava
ver a mulher
que amava
sempre nos
braços
de outro rei.

por isso, descobriu
ser dotado,
também de grande
angústia,
de papel passado
e tudo.

ele era uma
história,
não um homem,
daqueles
de capa de revistas,
cheio de glória !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 26/09/2006
Código do texto: T249867
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26778 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:49)
José Kappel