Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sonetando IV

                             Sonetando
                                IV








Este mundo está enfermo
Que conclusão deprimente
É por demais estafermo
Quem o usa impunemente

Desbarata e corrói
Tudo lhe serve e convém
Rios e mares destrói
Vaga razão o detém

A virgem floresta arrasa
Com avidez descuidada
E ambiciosa vontade

Sonhar é um golpe d’asa
Para esta gente ousada
Satãs de calamidade



Moisés Salgado
alestedoparaiso
Enviado por alestedoparaiso em 26/09/2006
Código do texto: T249989

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
alestedoparaiso
Portugal
209 textos (4174 leituras)
38 áudios (1068 audições)
2 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:49)
alestedoparaiso