Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Seduz-me

Tateio, escrevo no escuro do quarto
Procuro sentir o sabor agridoce das coisas
de tudo, de todas as coisas
Quero o lado invisível
Seduz-me o abstrato concreto
as palavras duais
Embriago-me
com as gostas da chuva fina
Chamo teu nome
e recolho-me
na madruga já sem voz
Vejo-te chegando
acabando com esse
escoar lento do tempo
das noites entre silêncios
e dolorosas dúvidas
Eu ardente liquefaço-me
e borbulho
ao teu encontro
avisto a luz no fim do túnel...
AVênus
Enviado por AVênus em 26/09/2006
Reeditado em 27/09/2006
Código do texto: T250161

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
AVênus
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
225 textos (3877 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:03)
AVênus