Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Naquela tarde

            Os amores são cegos quando o coração arde e
            e esfumaça nossos olhos.

Naquela tarde, fitaram-se: olhos nos olhos.
Foi tão de repente!... O mundo parou naquele instante:
aplaudia o nascer de tanto amor!
A contemplação não era metáfora...
Olhos entregavam-se à expectativa de alguma revelação.

Naquela tarde, aprenderia para sempre:
o ideal não alcançado
o desejo não concretizado
a atração pelo inatingível
eram certezas de sentir-se estável.

Naquela tarde (também pela primeira vez)
fora arrebatada pelo imoderado...
Compreendeu finalmente
que se pode ter amor pela paixão
...e isso era tudo que se podia fazer.
lilu
Enviado por lilu em 26/09/2006
Código do texto: T250192
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lilu
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
889 textos (326082 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:56)
lilu