Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"CLIC - II"

Por tudo que se expresse, impressor ativo
Beatas sedentas alquebram, voz para infiéis
No cárcere privado da manopla em erário
Pudicas ostentando novas orelhas cortadas
Pelas barbas, tártaros alinhados navegam
Veias em celulares, arrotos secundários
Há um momento para novos crucificados
Perante labiais que a fome esconde
Tantos que prezam os seios sobre as calças
Largados em sua própria lascívia, tomates secos
Venerar o espaço-Porto, Ilha da fantasia
Sexo rogado para buscar novas virgens
A orelha é que sofre, carnes & afins
A importância para alguém, definha a terra
Gás lacrimogênio atropelando o avião
Tantas bombas subindo, outra trepada perdida
Kerouac mandando a ferrovia no cu da América
Tem um copo de chá na pia
Águas salobras debaixo da língua
A nave que aporta, dando bico na Lua
Dinossauros voltando para casa!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 16/06/2005
Reeditado em 17/06/2009
Código do texto: T25026
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:09)
Peixão