Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALVO


Euna Britto de Oliveira
www.euna.com.br


Flechas de fogo, famintas,
Voam em minha direção.
Uma multidão de sim(s)
Que querem dizer – não!–.
Quem pode com a traição?

Estou em estado de Poesia,
Parece estado de graça.
Nada me atinge,
A não ser minha própria sintonia.
Penso no Pai,
Chego pra lá, um pouquinho,
E, sem dizer –ai!–,
O mal passa...

O mal deixa rastro.
Ao longe,
Vejo a fumaça...

O mal deixa resto.
Bem próximo,
Noto uns estragos...
Nada que Deus não conserte,
Com seus amorosos afagos...

Muitos de nossos pecados
Já estão pagos.
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 27/09/2006
Código do texto: T250467
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (34688 leituras)
6 áudios (364 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:25)
Euna Britto de Oliveira