Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

R E S T O S


Borboletas sem asas não voam.
Vão ao chão. Perdem as cores
                             e o brilho
                      que antes tinham.
Também, assim, os meus sonhos
                             que um dia
                             esperançada,
eu sonhei toda animada,
foram ao chão sem remédio.
O que restou?
                      Restou somente amargura.
                             Somente amargura
                                   e o tédio.

HLuna
Enviado por HLuna em 27/09/2006
Código do texto: T250520
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/helenaluna). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HLuna
Fortaleza - Ceará - Brasil
9350 textos (235825 leituras)
15 e-livros (905 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 23:58)
HLuna