Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ilusão

Eu acordei
Não sei se foi de um sonho,ou de um pesadelo
Tudo parecia diferente
Minha vida
Minha gente
Acordo
Ou ainda durmo
O dia vem se espreguiçando
Parece um anjo noturno
As sombras da noite em cascada
Desfilam no cèu
Olho em volta de mim
Procurando definir
O mundo real
O sonho envolve tudo
Nada se transforma
Entre os dois
Percorro as linhas curvas
Das minhas certezas
Das minhas dùvidas
Não sei se devo rir ou chorar
Correr no cèu
No mar andar
Sò sei do branco
Envolvendo todas as côres
E do prêto beijando trêmulo e tìmido
Mil estrelas
Mil flôres !
Não sei entender
Esse silêncio imòvel
No qual viro e desviro
O vôo dos pàssaros
Atravessando o pôr do sol risonho
Jogando alegria
Nas ondas do mar
O sonho parece vida
Vida vestida de sono
Não sei de nada
De nada quero saber
Sò sei de uma coisa
Amar è viver
 
 
 
Rita De Aragão Santana
Enviado por Rita De Aragão Santana em 28/09/2006
Reeditado em 13/06/2010
Código do texto: T251139
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rita De Aragão Santana
Wasquehal - Nord-Pas-de-Calais - França, 56 anos
123 textos (3506 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:26)
Rita De Aragão Santana