Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do carnaval


Carne santa.
Nossa carne é santa.
Nossa fome é maldição:
Santa maldição.

Aprendi que viver é sofrer
Pois sofrer é estar vivo.
Pois desejar é não ter;
E não ter é sofrer.

Nossa carne nos dói.
E a lâmina é nosso martírio.
É quem mata e sangra
Nossa carne santa.

Carne santa...

Ave sangra.
Nossa nave é ampla.
Nossa vida é samba.
Nossa estrada é vasta.

Faz doer nossa
carne santa...
Luciano Fortunato
Enviado por Luciano Fortunato em 28/09/2006
Código do texto: T251386
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Fortunato
Mendes - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
558 textos (78677 leituras)
19 áudios (362 audições)
13 e-livros (3241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:47)
Luciano Fortunato