Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem título(16)

Em dias de claridade inventada,

Dou por mim, de olhos fechados,

Fazendo acenos ao sol.

E assim debruçado na minha janela,

Passo horas em vénias e adoração.

Não quero até saber,

Se de olhos abertos, veria mais luz,

Ou seria mais grato ou reverente,

Por o sol beijar a minha janela.

Sei apenas -ou suponho saber- que o sol,

Generoso sol,

Me adentra pelo lado da alma.

Tivesse eu alma maior

E talvez meu sol fosse mais luz!





                    Dionísio Dinis
Dionísio Dinis
Enviado por Dionísio Dinis em 29/09/2006
Código do texto: T252496

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dionísio Dinis). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dionísio Dinis
Portugal, 54 anos
126 textos (5406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:27)
Dionísio Dinis