Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRESENTE



28.03.06


Quando foi que deixaste de ser minha,
Quando foi que decidiu me esquecer?
Por que pensou que não mais me pertencia,
Por que deixou de me querer?

Pensou mesmo que acabaria assim
Como uma folha levada ao vento,
Nosso mágico encontro
E todo o amor que se fez?

Não, amada, nossas energias ainda fluem no espaço
Reverberam como relâmpagos anunciando a tempestade
O cheiro de nossas peles viaja pela brisa
Nosso suor ainda está nas gotas das chuvas torrenciais
O Universo que nos uniu anda nos chama!

Não posso negar o que eu sinto,
Não posso ser outro que não eu
Não posso deixar de amar-te,
E com esse meu amor faça o que bem quiser,
Porque ele, como um presente, é teu!


Lágrimas de sangue.


ANJO ZERO
Edilene Barroso
Enviado por Edilene Barroso em 30/09/2006
Código do texto: T252766

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Um presente - Edilene Barroso
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edilene Barroso
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
192 textos (21457 leituras)
12 áudios (4784 audições)
5 e-livros (337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:27)
Edilene Barroso