Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Desamor

Aguida Hettwer



Cegaram-me os olhos, com os desamores do mundo,

Partiram-me ao meio, com desprezo,

Fugiram desgarrados pelo vento, em território imundo.

Lanças afiadas cortam-me em desenganos, menosprezo.



Rolaram-me sobre a lama, pisotearam-me a cabeça,

Sangra, queima a alma por dentro,

Pranto doido, choro contido, alma desfaleça.

Gritos, medos noite adentro.



Estendo as mãos, suplico ajuda, recebo castigo,

Geme minhas dores latentes, perco-me em pensamentos,

Livres ao vento, soam os clarins, eis que estás comigo,

Quebram as algemas, sinto leveza dos sentimentos.



O corpo exausto encontra abrigo, em outro plano vagando,

Homens sem juízo, em açoites a mente perturbando,

Dilacerando aos poucos, aprisionando,

À hora do juízo apenas aguardando.




22.09.2006






Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 30/09/2006
Código do texto: T252857

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1258 textos (116356 leituras)
15 áudios (2138 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:00)
Águida Hettwer

Site do Escritor