Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APENAS UM POETA

Lápis, papel, em um momento de inspiração
Surgem pensamentos, anseios, vislumbres
Com sentimentos aflorados da alma em lume
Então descreve-se as quimeras do coração

Saudade, paixão, amor, ilusão entre riscos
Não sei se será fantasia ou mera realidade
Se em versos se cantam alegrias, saudade
Lindos sonhos que pairam entre rabiscos

São as notas vibrantes da poesia em pauta
São acordes de ternura em vibrante sintonia
São sandálias dos pés descalços da poesia
 Melodia de anjos tocados ao som da flauta

Mas a alma dolorida em fragmentos vegeta
São nossos mais íntimos segredos revelados
Os amores e dissabores por nós consagrados
Louco ou sentimental, apenas sou um poeta
Renate Emanuele
Enviado por Renate Emanuele em 17/06/2005
Código do texto: T25334
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Renate Emanuele
São Paulo - São Paulo - Brasil, 71 anos
136 textos (10572 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:32)
Renate Emanuele