Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O pó do tempo

O pó do tempo
============ErdoBastos

O pó que aspiras
É a poeira de um passado
Ao qual, quando o reviras
me vejo sendo condenado.

Um dia este mesmo pó
cairá sobre o futuro.
E por sobre o nó
que enforca, laço seguro.

O pó, uma vez aspirado
revela-nos o que a gente encobre
Nós e nosso “Eu”, postos lado a lado...
Talvez assim, futuro ainda sobre.

E tudo no seu lugar
Sem pó por sobre o presente
Passado, por futuro trocar
Numa atitude consciente.

E o tempo, que reclame ao Bispo
se não estiver contente!
ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 01/10/2006
Reeditado em 01/10/2006
Código do texto: T253682

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36905 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:12)
ErdoBastos