Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Anéis de Saturno

Os Anéis de Saturno
“Stop! For thy tread is on an Empire’s dust” Lord Byron
“The sacred rites benevolent attend,
And grant a blameless life, a blessed end.” Hino Pitagórico a Saturno, trad. Thomas Taylor.

Tempestades colossais e velozes
Assolam a superfície e atmosfera,
Seu nome marca a mudança de eras,
Assim como o sábado e os algozes...

Por que belos anéis a ti se pusera?
São os restos dos filhos que em neuroses
Devorastes? Ou restos duma gnose,
Ou é a pedra que Réia à vez de Zeus lhe dera?

Cronos! O Deus do Tempo cujo templo
Guardava o tesouro antigo de Roma!
Sua vitória e seus medos sirvam de exemplo!

Castraste o pai, Urano, e seu trono toma!
Ao céu, o último dos visíveis contemplo!
E dos números, quinze é o selo e a soma...

17/12, Aparecida do Norte.
Jayro Luna
Enviado por Jayro Luna em 01/10/2006
Código do texto: T253690
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jayro Luna
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
97 textos (48153 leituras)
12 e-livros (1726 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:11)
Jayro Luna