Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chovedouro chove ouro em mim.

Chovedouro tenho
Chovedouro quero
Chovedouro peço
Chove ouro em mim
Chovedouro venha
Chove ouro em mim
Chovedouro cai
Leve e constante
Como a purpurina cintilante
Que sai de Iasmim
Chovedouro falo
Chovedouro meço
Chovedouro não tenho
Tempo para regresso
Chovedouro diga
Chove ouro em mim
Chovedouro queira
Chove ouro em mim
Como a chuva chove
Como a fruta cai
E com o balaio velho
Compro meu quintal
E cai da ribanceira
O velho seu mingau
Chovedouro tento
Chovedouro vou
Chovedouro amigo
Chove ouro em mim.




O que de Souza
Enviado por O que de Souza em 01/10/2006
Reeditado em 28/05/2013
Código do texto: T253819
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
O que de Souza
Curitiba - Paraná - Brasil, 29 anos
335 textos (8757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:38)
O que de Souza

Site do Escritor