Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tremores!

Chame do que quiser, esse viver entre pedras,
Talhes toscos, só a rudeza que impera,
Falhas, lascas pontiagudas dilacerantes,
Copos vazios, trovejantes corpos, tremas,
Papéis rasgados em rostos rotos, agudos,
Melodia de uma paupérrima nota fria,
Cera gasta de tanto ser pisada, iras,
Trôpegos & inconseqüentes, dispersos,
Devoram a própria carne sem receios,
Estender a mão virou um ato abjeto,
Complicar é mais fácil, depois alguém limpa,
Ou até chega vendendo a facilidade,
A lágrima no rosto nem sempre notada,
O esforço além, também menos prezado,
Estar feliz, espreita, lá vem os demônios,
Rasgar sua carne um pouco mais,
Como corvos bicando a raiz dos olhos,
Para sangrar como úlceras ulteriores,
Choca o coração, imagine a mente...
Conjurando as piores maldições...
Só porque ser feliz é minha dádiva!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 02/10/2006
Código do texto: T254265
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:02)
Peixão