Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GATUNO

Vem depressa, vem amor.
Já tenho os braços cansados
e meus lábios nacarados,
antes macios de beijos,
não despertam mais desejos:
desde nuito estão sem cor.

Anda logo, anda amor,
pois o tempo é vingativo,
é ciumento, é nocivo,
corre apressado, ligeiro,
é um completo embusteiro,
é um infame invasor.

Rouba tudo, meu amor,
tudo o que deu sem tardança:
o clarão da esperança,
a luz, o brilho do dia,
rouba a tua alegria,
rouba a beleza da flor.


HLuna
Enviado por HLuna em 02/10/2006
Código do texto: T254278
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/helenaluna). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HLuna
Fortaleza - Ceará - Brasil
9351 textos (235858 leituras)
15 e-livros (905 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:44)
HLuna