Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIDA SERTANEJA

Na amplidão da minha terra,
Vejo nuvens brancas no céu;
Muitas aves voando na serra
E um balão vagando ao léu.

O sol se pondo no horizonte
Com um clarão bonito de ver;
Lá no vale atrás do monte,
Já começa a escurecer.

A noite chega silenciosa,
No meu rancho sertanejo;
Com um perfume de rosa
Excitando o meu desejo.

Faço uma prece, contrito,
Na beirada do meu leito,
Com um rostinho bonito
Encostado no meu peito.

Depois do assim seja,
Sinto um beijo no rosto:
É a vida sertaneja,
Vivida com muito gosto.
João Barbosa
Enviado por João Barbosa em 02/10/2006
Código do texto: T254415
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Barbosa
Extrema - Minas Gerais - Brasil, 68 anos
160 textos (10957 leituras)
3 áudios (130 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:05)
João Barbosa