Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deus

Protejas o amor como sempre protegestes...
Livras-lhe da lembrança de assombrações
Que voaram, mas ainda não morreram.

Tenhas compaixão, a candura do hino;
Protejas o amor de todo os desatinos,
A crença, afeição e sossego,
Livras da lembrança que por amor
Ou piedade jamais será uma sina.

Protejas a fantasia que nunca
Levou dos seres a esperança;
Livras-lhe das iniqüidades
Tolas de quando se é criança,
No pomar a caminhar.

Perdoas, enfim, a franqueza...
No caminho da verdade
Em busca da santa nobreza;
Protejas o que há de bondade
Nos frágeis corações,
Protejas a santa pureza...
Que na vida só dá emoção.
"E se piedade vos sobrar,
Senhor, tendes piedade de mim..."
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 02/10/2006
Reeditado em 03/10/2006
Código do texto: T254638
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3129 textos (79585 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:31)
R J Cardoso