Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cantigas de Maio e Flores


                   Cantigas de Maio e Flores








Debaixo do choupo
Onde a sombra dorme
Passa como um sopro
O eco que se some.

É o eco da saudade
Da lembrança mais querida
Que desfalece a mocidade
O sonho de toda a rapariga.

Debaixo do choupo
À sombra estendida
Inspirada na tarde
Esboça-se a cantiga.

Cantigas de Maio e flores
Afagam-lhe os cabelos soltos
Os seus seios são favores
Em cálida ternura envoltos.

Debaixo do choupo
Os ecos da saudade
Passam como um sopro
Cantigas de Maio e flores.

Cantigas de Maio e flores
Passam como um sopro
Os ecos da saudade
Debaixo do choupo.




Moisés Salgado
alestedoparaiso
Enviado por alestedoparaiso em 03/10/2006
Código do texto: T255358

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
alestedoparaiso
Portugal
209 textos (4174 leituras)
38 áudios (1068 audições)
2 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:52)
alestedoparaiso