Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Procurar por descanso


Neste momento
sinto-me parte de um vazio,
um buraco negro
que vai se abrindo
dentro de mim.

E parece engolir-me
inteira e quem mais
estiver comigo.

Será que alguém
gosta de morar
na escuridão?

Pergunto, porque tenho medo
de que alguém possa
fugir de dentro de mim
se por lá tudo estiver escuro.

Sabe como me sinto?

Como se tivesse sido
atropelada por mil vagões
de um trem, ou pisoteada
pelas patas de um corcel
desvairado e negro
como a morte.

Penso que é melhor
calar-me por uns tempos.

Senão quem me escuta
foge qual garça ameaçada,
em perigo de vida.



Maria
Enviado por Maria em 04/10/2006
Código do texto: T255706
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4552 textos (185980 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:21)
Maria

Site do Escritor