Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sede Febril


Hoje o que mais quero
é adentrar nesta
vaga floresta
e desvendar os recônditos
do seu interior.

Caminhar por cada canto,
por cada trilha
e vasculhar sua alma
de cima a baixo,
tocando em cada
pétala de flor,
em cada folha
de suas folhagens
em cada caule
de suas árvores.

Hoje o que mais quero
é perder0me na escuridão
desta floresta e planar
qual águia sedenta
sobre essa folha melaça
que sobrevoa
as copas das árvores
em busca de água fresca
para matar a sede febril.

Hoje quero me encontrar
nesta floresta
e sorver sua juventude,
sua força, conquistar sua paz.
Maria
Enviado por Maria em 04/10/2006
Código do texto: T255709
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4552 textos (185998 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:27)
Maria

Site do Escritor