Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto






O choro do poeta...


O poeta chora...
Chora, pois a alma pede
que o pranto desague em letras soltas
nos mares ilusórios da poesia...

Seu pranto é real.
Sai do mais profundo sentimento,
oculto até mesmo ao seu olhar de poeta amante,
amável, amor...

Suas lágrimas,
cristalizam-se uma a uma,
tornando-se poemas eternos...

Sua alma leve, quer a inspirição,
voa como pássaro feliz em busca
do aconchego do seu ninho.

Seus pensamentos livres,
tateiam na solidão de suas horas
o momento exato,

onde nascerá mais um poema de amor...
 ou de dor.


















**********************************************************
Inspirado no poema de Rita Reikke - O poeta chora...
**********************************************************














Catedral -
Quem disse que o amor pode acabar ?


Charlyane Mirielle
Enviado por Charlyane Mirielle em 04/10/2006
Reeditado em 13/02/2007
Código do texto: T255866
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Charlyane Mirielle
Londrina - Paraná - Brasil
922 textos (120727 leituras)
8 áudios (1797 audições)
2 e-livros (460 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:41)
Charlyane Mirielle