Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROSA, QUE PENA, NÃO SOU BOA DE POEMA

Flor querida,
sei que já deves ter,
um arquivo mais que imenso,
de homenagens a ti.
Justo: quanto talento!
Mas esta é só uma curtinha,
daquelas mais safadinhas,
pra dizer do carinho
que, embora virtual,
é bastante grande, real,
não pelos teus escritos,
mas pela alma exposta,
que nas tuas linhas mostra
toda despudorada
sujeitinha porreta, danada
e a grande amiga de estrada.
Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 18/06/2005
Código do texto: T25606

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154019 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:59)
Débora Denadai