Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEVANEIOS DE POETA

Sou uma hóspede do tempo
Habito a casa da vida
Viajo em qualquer momento
Sem nenhuma despedida
Saudades ou sequer lamento.

Levo na minha bagagem
Sonhos de almas, com sóis e ventos
Percorro nessa viagem
Caminhos de contratempos
Como se fosse simples miragem
Ou devaneios de poeta.

Mas a vida não é concreta
É uma canção envolvente
Num solfejo de esperança
Com estribilhos de gente
Em compassos de contradança...

= A vida é como uma criança
= Simples hóspede do tempo!


by@
Anna D'Castro
(D.A.Reservados)
do livro REVELAÇÕES
Anna DCastro
Enviado por Anna DCastro em 04/10/2006
Reeditado em 23/06/2013
Código do texto: T256356
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna DCastro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
207 textos (10689 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:02)
Anna DCastro