Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BUSCANDO A SOBREVIVÊNCIA...



Vou fazer da solidão meu remo,
utilizando-o como recurso
de sobrevivência...

Com ele vou conduzir meu barco,
feito de sonhos de espuma
e de carência...

Vou fazer da solidão o meu prumo.
Vou fazer da solidão o meu escudo.
Vou talvez encontrar o meu rumo...

Vou viver a solidão com inteligência.
Senti-la como uma forma de liberdade
e degustar o sabor da independência!

Vou embrenhar-me no tempo e no espaço.
Vou procurar a minha própria sintonia.
Vou remar e ancorar sem embaraço...

Aportarei... fundearei... só não sei
em que porto o farei!
Tal como não sei como será a jornada,
se será longa ou curta tal caminhada...

E o meu barco feito de sonhos desfeitos,
escondidos e não mais satisfeitos...
Esse barco feito de vivências e de espuma
estará, então vazio...cheio de coisa nenhuma!

Mas penso que ancorarei, certamente,
numa outra dimensão...mais abrangente...
Onde o fragor da saudade já não soa
e, até, a dor da dor...já não doa!...
HELENA BANDEIRA
Enviado por HELENA BANDEIRA em 04/10/2006
Código do texto: T256441
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HELENA BANDEIRA
Portugal
397 textos (11665 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:10)
HELENA BANDEIRA